Todo o quadrinho deve ser GRANDE? – Action Comics 957.

Hoje, 8 de junho de 2016, fomos REapresentados ao novo/antigo quadrinho do Superman. Com o Rebirth a Dc decidiu voltar com a antiga numeração pré Flashpoint.

A Hq começa com um roubo de banco, e então, quando os ladroes não esperam, surge um S brilhando na escuridão. Porem, o ser que esta atrás desse S não é Kal-El, muito pelo contrario, é o Humano Lex Luthor “fardado” com o S mais icônico dos quadrinhos.

Vemos então Clark e sua família, núcleo que foi muito bem desenvolvido no arco “Lois e Clark”, entrando na sua nova casa. No meio da mudança a família é atingida pela notícia do novo Superman, Kent não deixa isso barato, no mesmo instante ele pega sua clássica roupa e vai de encontro com o herói/vilão.

AC_957_04_color

Quando os dois se encontram há um bom diálogo, confesso que lendo fiquei bem animado pensando que esse seria o Plot principal da nova HQ. Mas, não é isso que acontece. Nas ultimas paginas fui AGREDIDO com um turbilhão de informações e Plot Twist desnecessários.

Essa decepção me fez pensar, toda o quadrinho deve ser grande? Essa questão vem me afligindo à um bom tempo. Vemos atualmente, nas HQS mensais, uma ânsia por ser a melhor história já feita. Com esse desejo, tanto a editora quanto os escritores acabam confundindo qualidade com reviravoltas.

As vezes me sinto vendo séries mal feitas de televisão. Quando um episódio não é capaz de ser solido o suficiente para manter a audiência então, ele apela para “GRANDES” reviravoltas que são apresentadas nos últimos minutos do episódio. O pior é que a o Plot Twist é tão desnecessário que não dura mais de um ou dois episódios ou, no caso, edições.

Antes do Rebirth, a Dc nos apresentou a HQ já sitada chamada Lois e Clark. Eu gostei muito desse quadrinho, e o principal motivo para ter gostado é que a história não possui grandes reviravoltas em todos os finais de suas edições.

Eu não quero ler o melhor quadrinho de 30 paginas já feito toda a vez que compro umaHQ mensal, quero ler um bom arco de histórias, com edições consistentes, que desenvolvam um narrativa que se conclua bem e, depois de varias edições, posso sim ser apresentado a uma reviravolta.

tumblr_o87f0rOPWo1sr9pgto3_540

Porque não desenvolver? Por que não deixar a grande reviravolta para o final do arco da historia?

Action Comics se perde justamente porque não responde essas duas perguntas. É impressionante como as 3 ultimas paginas de um quadrinho podem manchar muito uma boa edição.

Fiquemos no guarde para ver todos esses “mistérios” serem resolvidos nas próximas edições. E oremos para que mais miatérios não sejam apresentados, pelo menos por um bom tempo.

Raysom

Bacharel em Administração, DCnauta de coração, empreendedor viciado em chá, guitarrista aposentado, co-fundador da DC Brasil Club, Sindicato Nerd e Marvel Brasil Club.

%d blogueiros gostam disto: