PORQUE SUPERMAN É TÃO IMPORTANTE PARA O MUNDO DOS HERÓIS.

  1. christopher-reeve-superman_0

 

Quando Superman foi criado em 1930 pela dupla de autores de quadrinhos Joe Shuster e Jerry Siegel , ele foi baseado numa mistura de Sansão com Hércules, e alguns outros personagens da Bíblia, alguns seriados e alguns filmes de cinema naquela época.

Siegel tinha preparado um roteiro para as primeiras aventuras de Superman e no dia seguinte, o seu amigo Joe Shuster que era ilustrador, já estava lá para eles começarem a contar a história do ‘homem do amanhã’.

O pai de Jerry Siegel morreu em um assalto quando ele era adolescente, e os criminosos nunca foram achados ou presos. Siegel então, tinha um imenso ódio ao crime por esta razão (quem não teria, não é mesmo?), e alguns historiadores de quadrinhos começaram a achar que, para ele, o Superman era um personagem que na sua fantasia podia evitar esse tipo de problema.

Quando os jornais locais começaram a ficar em alta (vender bastante e se tornarem populares) em 1935, as histórias do Superman vinham impresas em suas edições. Eram mais de 130 jornais, que mostravam 2.000 histórias em quadrinhos a milhões de leitores! Isso foi uma oportunidade única. Apesar das histórias do alien Kryptoniano serem rejeitadas algumas vezes, e Superman tentar se consagrar nas mídias se tornando um ícone popular cultural, os criadores enfrentaram muitos desafios. Pois segundo algumas testemunhas e amigos próximos, os editores desses jornais locais eram bem espertos e trapaceiros. E alguns tinham até mesmo conexões com a máfia naquela época e não gostavam que ninguém metesse o “bedelho” em suas finanças. Foi então que alguns editores mais honestos fizeram um acordo com Siegel e Shuster para vender as histórias do Superman, coisa que eles vinham tentando inserir na cultura popcinco anos. Os criadores ganhavam um total de 130$ dólares por 13 páginas do Superman. A primeira edição oficial num quadrinho como um livro foi lançada pela “ACTION COMICS” que futuramente vem a se tornar “DC COMICS“.

13182956_998118640264668_1911782424_n

E assim, começa a aventura do super escoteiro. Em todas as suas edições vinha escrito: “O maior personagem de todos os tempos: Superman.”. Os elementos que Siegel e Shuster adotaram nessa nova temporada de quadrinhos, FOI O INICIO para determinar praticamente tudo que veio depois, ou seja, a criação de novos heróis e a popularização deles tais como Batman, Mulher Maravilha, Capitão América, Homem Aranha, Thor e muitos outros heróis. Então, se há um super-herói e dois escritores e artistas que hoje em dia o mundo nerd deve gratidão, sim, são a eles mesmo.

Na década de 30 e 40, as pessoas passavam por uma época muito difícil – ao menos para o homem comum- e apesar do Superman vir da cabeça de um adolescente, rapidamente ele se tornou um símbolo de justiça social. Em suas primeiras edições, seu modo de salvar inocentes, prevenir catástrofes e começar a se intrometer em questões políticas contra corruptos começou a inspirar as pessoas.

Com a popularidade no auge, Superman começou a ter as seus próprios seriados na televisão e era abordado com o título de “Na luta sem fim por justiça de verdade. O Superman é Clark Kent“. Em 1939, Siegel e Shuster já tinham realizado seus sonhos.

superman dc

Uma coisa importante que não devemos esquecer é que Superman é um IMIGRANTE, ele não nasceu nos Estados Unidos, veio de outro planeta quando era pequeno, e apenas foi criado por pessoas dessa nacionalidade recebendo um nome formidável e “gentil”: Clark Kent. O mais interessante de tudo isto é que um imigrante naquela época era muito ‘mal visto’ nos Estados Unidos, e esse imigrante rapidamente se transformava no maior símbolo do modo de vida americano. Era uma expressão de força da experiência imigrante americana, não só a experiência “judia”. A mesma coisa podemos dizer sobre a Mulher-Maravilha, que apesar de ser GREGA, nos Estados Unidos ela é um símbolo americano da cultura popular, e nós já falamos sobre isso que você pode tá conferindo aqui:  http://goo.gl/BepWHv

Ainda em 1939, a “DC Comics” convidou seus criadores para produzir algo inédito! E adivinhem… Eles foram contratados para produzir uma revista inteira dedicada a apenas um personagem. Era as primeiras edições das “Aventuras incríveis do mais extraordinário homem na Terra: SUPERMAN“. (Parece até aquelas últimas edições de jogos de vídeo games completas ou ainda aqueles títulos para igrejas evangélicas). Em dois anos, esses dois homens tinham revolucionado o mundo dos quadrinhos. Todos os editores de revistas em quadrinhos naquela época disseram: “Criem super-heróis. Me tragam o Lanterna Verde. O Átomo. Zatara, o Mágico”. Rapidamente mais de 50 títulos de histórias em quadrinhos, com personagens diferentes no final de 1939, tomaram conta da cultura popular americana e se expandiram para o mundo. E então, chegamos a conclusão de que a importância do Superman é o fato de ser o primeiro herói a abrir as portas para todos os heróis que amamos hoje, enfrentando intervenções políticas, malandros estelionatários e gente gananciosa, que no fim, tudo acabou dando certo.

E vida longa ao Superman!

superman

Fabio Brandao

Estudante de Letras e Direito. Nerd e fã de ficção científica. Morre de amores pela Mulher-Maravilha. Libriano.

%d blogueiros gostam disto: