Não, Jon Snow não é herdeiro do Trono de Ferro!

Game of Thrones mexe com nossas emoções, e eu como uma boa fangirl, deixei meu coração aquecer com gritos de “King in the North!” para o Jon Snow. Mas nada que algum tempo de reflexão não resolva.

Desde o fim da temporada, vejo na internet pessoas teorizando que Jon, na verdade, seria herdeiro do Trono de Ferro; De acordo com seus defensores, a confirmação de seu real parentesco confirma tudo. Mas não é bem assim.

Claro, Jon tem sangue Targaryen e Stark. Mas isso não faz dele um “Stargaryen”. Pra deixar claro, vamos por partes.

Sim, ele é filho do Príncipe Herdeiro com Lady Lyanna, contudo, não foi gerado em um casamento. Rhaegar já era casado com a princesa dornesa Elia Martell com quem tinha dois filhos (Rhaenys e Aegon) e Lyanna era prometida de Robert Baratheon.

rhaeg_lyanna

Uma das principais teorias é de que os dois teriam se casado escondido em Dorne, mas isso é facilmente derrubado. Quando Aegon I chegou dominando Westeros ele tinha duas esposas/irmãs: Rhaenys e Visenya. Sim, houve poligamia nesse caso; O próprio filho de Aegon, Maegor O Cruel teve várias esposas. Mas para manter a paz com a Fé do Sete e continuar com a tradição do incesto, os Targaryen tiveram que abrir mão da poligamia.

Não havia nenhuma possibilidade de algum Septão fazer aquele casamento. Mesmo se eles tivessem casado em qualquer outra religião, a coroa só reconhece a Fé do Sete e essa união seria anulada. Jon continua um bastardo, mudando apenas de pai.

A série, as vezes, não mostra isso muito bem mas apenas em Dorne os bastardos tem algum tipo de respeito (é muito normal eles conviverem com filhos legítimos por lá), mas mesmo assim não tem direito a nada.

A linha de sucessão em toda Westeros, é: Filhos homens, filhas mulheres, irmãos, irmãs, algum parente próximo e se não sobrar literalmente ninguém, um bastardo. Apenas em Dorne que as mulheres herdam primeiro, se forem mais velhas.

Até mesmo Ramsey Bolton, depois de legitimado, era mal visto no Norte. (Tanto por ser um bastardo quanto por não ser um Stark).

Isso foi uma das coisas que me incomodou na sexta temporada. Sansa é ainda a última filha viva, que se sabe, do Lord Eddard. Ela viria antes do meio-irmão. Ainda mais com o povo nortenho, que amam uma tradição. Mesmo o Jon tendo participado das batalhas, ele ainda é um bastardo do lado errado dos lençóis.

Mas nem só falando de direito. Nem mesmo Daenerys tem direito; Seu direito foi tomado quando Robert Baratheon tomou para si o Trono de Ferro, que agora pertence a sua Casa.

A linha de sucessão seria: Stannis Baratheon, sendo o irmão mais velho do rei que não deixou filhos legítimos, e depois sua filha, Shireen Baratheon (lembrando que ambos ainda são vivos nos livros).

“Se eu morrer, você vai colocar minha filha no Trono de Ferro. Ou vai morrer tentando” – Stannis.

Agora, na minha opinião. Não acho que Jon iria querer o Trono, não seria algo de sua personalidade (o mesmo negou Winterfell quando foi lhe oferecido). Talvez a história vai se repetir e se for pra ele ser Rei do Norte, vai ser o segundo rei que se ajoelhou.

Lembrando que eu amo o Jon Snow, não tenho nada contra ele. Apenas apresento os fatos.

Milena Matias

Estudante de jornalismo, 19 anos e com um amor enorme por video-games. Séries e cinema são os segundos amores da minha vida.

%d blogueiros gostam disto: