MULHER-MARAVILHA | Filme será indicado ao Oscar?

0

O artigo abaixo foi traduzido e adaptado para o português, e por isso o artigo em muitos momentos fala em primeira pessoa.

Nele, temos as palavras de Scott Feinberg.


 

Não é comum acordar com a caixa de mensagens cheia de comentários não-solicitados de membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (ou simplesmente Academia) sobre um filme, especialmente em junho — seis meses antes de qualquer um deles receber sua cédula de votação para o Oscar. Mas isso foi precisamente o que aconteceu no último domingo, na manhã seguinte à Mulher-Maravilha de Patty Jenkins ser exibida para os membros da organização em seu quartel general, em Beverly Hills. O filme — o primeiro Blockbuster de super-heróis da DC ou Marvel centrado numa personagem feminina, no qual estrela Gal Gadot — estreou nos Estados Unidos na última sexta, obtendo 93% de avaliações favoráveis e uma renda de 100,5 milhões de dólares na bilheteria doméstica.

Antes de ler e-mails, chequei o Twitter para ver que tipo de gritaria era aquela que estava rolando. “Nunca vi tantas pessoas num Screening da Academia”, tuitou Tony Pierce, um gerenciador de comunidades na Academia, juntamente com uma foto da plateia. “Da última vez em que vi um público assim nesse lugar, foi por The Force Awakens, notou Peter Clines, que vai aos Screenings da Academia acompanhando um dos membros. Tais membros são convidados para trazerem até três convidados ao Samuel Goldwyn Theatre nesta época do ano, o que significa que o público não é só de especialistas. Mas, mesmo assim, agora fiquei intrigado e não podia esperar para ler quais seriam as reações dos membros.

“Público enorme, entusiasta”, escreveu um membro masculino da seção de Relações Públicas que não é conectado à Warner Bros., a distribuidora do filme, ou ao próprio filme.

“Enormes aplausos para Patty Jenkins e Gal Gadot. Vaias quando créditos a Steve Mnuchin vieram à tela — um produtor executivo que se tornou secretário do tesouro de Trump. Um público presente bem misturado: um percentual enorme era de não-membros, com certeza… alguns jovens, que você normalmente não vê num sábado à noite. Mas também havia vários membros mais velhos da Academia, então claramente eles estavam interessados no filme. Ele foi extremamente bem. Se um filme como esse pode obter atenção do Oscar, este talvez seja o caso esse ano.”

Ele continuou:

“Minha aposta é que os diretores podem querer indicar Patty Jenkins por razões que você pode prever, embora não seja injusto. Lembre-se: o longa obteve ótimos Reviews. Por outro lado, a WB não conseguiu um Oscar de ação pelos tão bem recebidos filmes de Harry Potter e Batman (a exceção de um Oscar póstumo para Heath Ledger). Ah, e uma nota pessoal: se o filme acabasse no momento em que Gal Gadot fez sua entrada triunfal, eu daria cinco estrelas e iria para casa feliz — ela é incrivelmente bonita e, mais importante, muito boa atriz, ao menos para este papel. O filme é realmente maravilhoso. Patty Jenkins merece créditos.”

 

É importante notar, a essa altura, que apenas 27% dos membros da Academia são mulheres, então é quase certo de que o filme precisará de homens reagindo dessa mesma forma — se for para obter o registro em alguma das categorias mais importantes no fim do ano. Em média, apenas um ou dois filmes centrados em mulheres recebem indicações para Melhor Filme no Oscar a cada ano.

“O cinema estava 90% cheio”, escreveu uma membra da seção sonora. E ela continua:

“Muitos aplausos para os créditos, algumas lágrimas aqui e ali. O som foi bom — de balançar a cadeira, e não do jeito que o Michael Bay faz, meio que batendo na sua cabeça. Bela mixagem também. Os efeitos visuais estavam ok — alguns Mattes estavam bregas, mas o Design de Produção foi excelente e a música também foi incrível. O roteiro foi inteligente, então é uma possibilidade. Filme difícil de a Academia ignorar, e o fato de que tantos apareceram e aplaudiram é um bom sinal. É divertido e patriota em sua inocência, significando que se você é republicano do tipo ‘nosso país primeiro’, ele vai mexer com você! Assim que Chris Pine aparece, o filme toma voo e nunca mais pousa ou respira. O longa poderia realmente obter uma indicação para Melhor Filme. E Gal Gadot é perfeita.”

Nem todos se sentiram da mesma forma que os dois acima, no entanto.

“Esse filme é tão esperado e as avaliações são tão boas… é claro que membros vão aparecer”, escreveu uma membra da seção de produtores, reconhecendo que ‘não havia um assento vazio sequer’. Ela continuou:

“Eu não gosto desses filmes. Eu nem mesmo vou vê-los, normalmente, porque fico entediada com eles. Onde estão as comédias? Eu quero ser entretida e rir, e não ser bombardeada por sequências de ação estúpidas. Mesmo que aqui as sequências de ação sejam um tanto diferentes do habitual, elas não são originais — há colisões, e lutas, e voos, e mortes. Ninguém se lembra de ‘O Tigre e o Dragão’? Pareceu ser a mesma coisa aqui. E também, eu era uma grande fã da série Boardwalk Empire e do ator Jack Huston, que vestia metade de uma máscara, e é o que vilões vestem aqui, então nem isso é original! Todo mundo diz que o filme é diferente, mas acho que estão sendo cegos pela coisa do Empoderamento Feminino — na verdade ele não é, e isso irrita. Eu achei que a história de origem foi bem capenga e eu realmente pensei, ‘Oh, temos problemas’ — e então somos levados para ela salvando a vida dele, e é daí que continua. Assim que eles vestem suas roupas urbanas, fica melhor para mim — eles formam um casal bonito e essa foi a minha coisa predileta. Eu daria a ele uma nota B+.”

Ela adicionou, em referência ao Oscar, “Se eu fosse uma mulher de apostar, eu não apostaria no filme. Ainda temos de ver todos os filmes no outono, e nesse período as pessoas não se lembrarão muito dele. Então, (se fosse indicado ao Oscar) eu ficaria surpresa.”

Uma membra da seção de executivos que não pode ir no Screening do sábado à noite também escreveu para mim: “Estou ansiosa para vê-lo! Ele parece absolutamente maravilhoso. E na verdade não há mais nada para ver.”

 

Fonte: The Hollywood Reporter

Leave A Reply

Your email address will not be published.

%d blogueiros gostam disto: