HOMEM-ARANHA | O Espetacular Homem-Aranha 2 “Tempo é sorte”.

0

Olá caro leitor, hoje iremos dissertar sobre algo interessante, sobre o tema central do controverso filme “O Espetacular Homem-Aranha 2” ao qual existe quem odeia com todas as forças, e também quem adora, mas não iremos entrar neste aspecto.
O Tema central do filme é sobre o tempo, a forma que o tempo corre e já podemos notar isso logo de cara com o filme começando nas engrenagens do relógio de Richard Parker.

O interessante é que assim como o filme começa com engrenagens e um relógio, ele também tem sua principal cena se passando também dentro de um relógio, uma torre de relógio.


Tudo no filme gira em torno da forma em que o tempo corre, a forma que não se da para fugir dele, e em como ele pesa sobre sua cabeça.

As pessoas no geral assim como Peter Parker, gastam muito tempo, pensando no futuro, no que pode acontecer e deixam de viver, assim como Peter se privou de ficar ao lado daquela que ama, Gwen Stacy.
O interessante é que uma fala da Gwen, mostra como a contradição nisso contradição nisso: “E para você não me perder, não podemos ficar juntos. Isso funciona para quem Peter?”

Peter, não quer perder Gwen, não quer que nada ocorra com ela e nem que ela morra, mas para evitar isso, ele tem que justamente abrir mão dela e a perdendo assim.

Mas o que o tempo tem a ver com isso? Bem, imagine como se todo ser humano tivesse um relógio sobre suas cabeças, e este relógio, se chama a morte! Peter está abrindo mão do seu tempo com Gwen para que o tempo de vida da Gwen seja maior, mas ao fazer isso ele se priva do tempo de alegria ao lado dela, e bem, o que vale mais? Uma vida longa e infeliz, ou uma vida curta mas vivida com orgulho e com felicidade. Mesmo que dure pouco, a felicidade curta, não poderia valer mais do que a tristeza longa?

E levando este relógio sobre nossas cabeças, muitos enfrentam o tempo, assim como vemos com Harry Osborn, desesperado por uma cura para sua doença, com o relógio da morte perto de seu badalar.


No filme ambos os personagens, o herói, Homem-Aranha/Peter, e seu arqui-inimigo, o Duende Verde/Harry Osborn estão ambos lutando contra o tempo a sua maneira! Peter pela vida de Gwen, e Harry pela sua própria, porém ambos apenas gastam o seu tempo atual pensando no futuro, mas nunca no agora.
O bacana é que se você reparar o discurso da Gwen logo no começo do filme é justamente sobre isso! Sobre o tempo, e sobre como tantas pessoas desperdiçam a vida se preocupando apenas com o futuro, com a correria sempre do tempo sobre as suas cabeças que esquecem de viver suas vidas! Esquecem de ser felizes e dar valor a esse tempo, aproveitando eles não só pra construir o amanhã, mas também para viver o hoje.

Muitos gastam sua vida lamentando o tempo passado, ou apenas pensando o futuro, lamentam aqueles ao qual o tempo já passou, ou se preocupando com o tempo que está por vir, porém .. o tempo não para e o tempo chegara independente do que se tentar fazer, e cabe a você administrar o seu tempo sem arrependimentos, é difícil, mas é importante.
O tempo nunca para de correr, e por mais que se tente evitar, uma hora ele chegara, e isto é mostrado na cena mais impactante do filme aonde por mais que Peter tente fazer o relógio parar de rodar, ele ainda assim volta a girar!

Peter sacrificou seu tempo ao lado da Gwen, para atrasar o relógio da morte sobre ela, e … ainda assim o relógio veio! Ele passou tanto tempo pensando no que poderia vir que esqueceu de como fazer aquele tempo valer a pena.

Após isso, Peter passou a se lamentar por aquilo, parou no tempo e ficou apenas lamentando o tempo que não volta mais, o tempo que já se foi, ficou estagnado e deixou de “viver”.

Porém, por mais que paremos, o tempo não para, ele sempre continua a correr! Peter no fim percebeu isso e voltou a seguir a vida, voltou a ser: O Homem-Aranha!
No fim, o tempo é sempre uma questão delicada, você pode dar valor a ele e tentar aproveitar cada segundo já que não podemos prever o amanhã, pode viver sua vida e fazer seu tempo valer a pena, ou .. você pode lutar contra o tempo e enfrenta-lo, mas não se esqueça: “Que o tempo sempre vence!”

Leave A Reply

Your email address will not be published.

%d blogueiros gostam disto: