Governo brasileiro é tipo Dr. Wells

Aposto um milhão de reais que uma parcela daqueles que leram o título da matéria pensaram: “Lá vem o coxinha criticar o PT, a esquerda toda!”. Outros ainda: “Aff, por que falar de política aqui? É um site de quadrinhos!”. E por fim aqueles que: “Oba, mais uma matéria pra detonar os esquerdopatas!”.

Calma lá galerinha. Primeiro de tudo vale lembrar que em diversas HQs foram abordados temas políticos, até hoje isso ocorre, o que nos dá liberdade para falar disto, se você não gosta apenas ignore, temos várias outras matérias, o que talvez te agrade.

Segundo, aquele que aqui vos fala não é de Esquerda Política e está muito longe de ser de Direita Política. Levo comigo ideias Liberais, o que não se encaixam em nenhum desses lados políticos, mas não irei falar sobre ele agora, caso tenha ficado curioso em saber o que é procure ai no Google e verás.

Explicada as coisas para evitar o “mimimi” excessivo, vamos ao assunto da matéria.

Por que o Governo é como Harrison Wells?

Não pretendo voltar lá em 1500, não é preciso. Vamos partir de 1995 até o ano presente (2015).

Repare que no tempo do Fernando Henrique Cardoso (FHC), assim como é hoje, para alguns, tudo estava muito bem. Ele era um presidente que ajudou algumas pessoas e essas apoiaram ele até certo tempo. Da mesma forma aconteceu com Lula e vem acontecendo com a Dilma.

“- Mas onde diabos entra a comparação? Até agora não entendi”. É isso que você, leitor, talvez esteja se perguntando, mas vamos lá… Com calma.

Repare que em todos esses governos os presidentes ajudaram a população a seu bel prazer, de formas diferentes, mesma atitude teve Harrison Wells com Barry Allen.

Ele o ajudou em tudo. Ajudou-o a crescer, aprender a lidar com seus poderes, sempre ali o incentivando em tudo e quando alguém desconfiava dele, Allen era o primeiro a defendê-lo e se irritava muitíssimas das vezes quando alguma acusação era lhe imposta.

Nós somos como Barry Allen. Acreditamos cegamente nos três últimos presidentes. Todos ajudaram, a sua maneira, o povo.

A partir de agora mudarei e generalizarei mais a coisa, não citarei meramente os presidentes, vamos colocar o Governo inteiro nisso, porque faz muito mais sentido, certo?

Aquela família brasileira pobre é Barry Allen, aquele empresário rico é Barry Allen em todos os casos. Você é Barry Allen.

Repare que todos defendem os três governos, assim como Barry defendia Wells. E volto a repetir, ele sempre se mostrou como aquele que só queria o bem do herói, ajudando ele, dando a ele todas as possibilidades para crescer.

No entanto o que poucos sabiam era que Harrison Wells era na verdade Eobard Thawne, o nêmesis de Barry Allen e queria matá-lo assim que tivesse oportunidade.

Olhe tudo o que Eobard é, um vilão sociopata que matou a mãe de Barry, o ar de “bom moço” era uma farsa. Até vemos uma cena em que Thawne está do lado de Allen, o qual está em coma, e este chega perto vibrando sua mão e diz que poderia  matá-lo, porque estava tão fácil, mas não o fez porque precisa dele para alcançar o que tanto almejava.

Assim é com o nosso governo brasileiro, ele se mostra tão bonzinho, tão companheiro, mas na primeira oportunidade irá passar você para trás, pois está sempre um passo a sua frente. Digo mais, ele só não “vibra sua mão e te mata”, porque precisa de você, ainda você é útil… AINDA.

Vamos tirar a venda e começar a enxergar que nosso governo não é Harrison Wells e sim Eobard Thawne. Esquerda e Direita, parem de ser babacas gritando “bolsomito” e “coxinhas não passarão”, porque ambos estão cegos achando mesmo que o Estado (Governo) possui algo bom para nos oferecer.

Alguns programas sociais, os discursos bem eloquentes, os projetos de leis votados fora do que manda a Constituição Federal, por exemplo, não passam de meios para iludir o povo.

Mas sabe o maior problema? É que diante dessa crise que passamos no nosso país hoje não temos muito o que fazer, sabem por quê? Porque demos, infelizmente, muita força ao Estado (Governo) para controlar tudo o que é nosso, assim como Barry deixou que Eobard fizesse.

Lembram-se da última frase do Reverso antes morrer/sumir? “Eu controlei sua vida esse tempo todo, o que vai fazer sem mim?”.

Reflitam sobre isso e comecem a perceber que Harrison Wells está morto e quem está no comando é Eobard Thawne.

Espero que tenha sido possível entender a analogia feita nesta matéria, pois busquei fazê-la para que aqueles que não estão tão familiarizados com política pudessem entender o que se passa nos dias atuais.

Christian

Curso Direito, gosto de criar o caos opinando sobre política (Imposto é roubo), sou fã de quadrinhos em especial o Flash e é isso ai

%d blogueiros gostam disto: