Games
147Visualizações 0comentários

CASTLEVANIA | Os 3 Atos da história de Castlevania Lords of Shadow

Poron agosto 5, 2017
 

Continuando a maratona de textos sobre Castlevania Lords of Shadow. Neste texto iremos dissertar um pouco sobre os 3 jogos e suas temáticas e em como a história foi abordada em cada um deles.
A Trilogia de Castlevania Lords of Shadow, uma coisa interessante sobre como sua história é distribuída em casa jogo,que é como cada game pode ser dividido como um Ato tendo em si um foco central na trama diferente em cada um deles.

Ato 1, (Castlevania Lords of Shadow 1) – Crenças e Religião

O Ato 1, tem como grande tema central é claramente sobre crenças e religião.
Se prestarem bem a atenção, o game trata muito sobre a fé de Gabriel Belmont na Brotherhood of Light (Irmandade da Luz), e aos poucos ele vai desmantelando isso.
A cada novo passo da jornada na qual deveria revitalizar a fé dele, ele sempre acaba descobrindo que estava mais envolto em mentiras do que verdades ao fim chegando a um ponto de perceber que toda sua fé foi montada em cima de pilares falsos.
Todos os credos e “verdades” contadas eram falsas.

Literalmente vemos um homem fiel ir perdendo suas crenças pouco a pouco, e no fim simplesmente não possuindo mais motivos para acreditar!
E algo interessante é que o jogo faz a perfeita interpretação de uma famosa frase de Friedrich Nietzsche:
“Aquele que luta com monstros deve acautelar-se para não tornar-se também um monstro. Quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você.”
Literalmente Gabriel combateu monstros, desceu ao abismo, e ali na escuridão ele mergulhou!

Ato 2, (Castlevania Lords of Shadow: Mirror of Fate) – Destino.

O Ato 2 trata fortemente sobre a questão do destino e sobre a questão de que se realmente o homem possui escolha ou não.
Literalmente quanto mais avançamos no jogo, mais percebemos que tudo ali já era premeditado.
No fim a famosa frase dita por FranValentim acaba fazendo sentido:
“O destino é igual um rio, por mais que tentamos mudar o seu caminho nunca vamos impedi-lo de cair no mar.”

Ato 3, (Castlevania Lords of Shadow 2) – A Redenção.

O Ato 3 já trata sobre a redenção de um homem que literalmente mergulho em trevas e se afundou até a um ponto que não pudesse mais cair.
Apesar das crenças ainda quebradas e as incertezas sobre estar seguindo seu próprio caminho ou um caminho que lhe é reservado pelo destino.
O jogo mergulha até o mais profundo das dores de Drácula para resgatar o homem que um dia ele foi.
Em Lords of Shadow 2, o Castelo é a exata representação do que Gabriel havia se tornado. Um completo lar de horrores e escuridão, porém ao olhar fundo dentro dele mesmo o homem encontra algo profundo que nunca pode ser perdido …. Que é o amor por sua família!

Em Castlevania Lords of Shadow 2 nos mostra literalmente que para redimir o homem caído, primeiro ele deve olhar para dentro de si mesmo e encarar sua própria escuridão!
Alias, o que inclusive no game em certo momento, Drácula de fato enfrenta diretamente o próprio mal que reside em seu coração em uma das Boss Battles do game contra o Inner Dracula (Drácula Interior)

O jogo também passa por um caminho de aceitação, pelos próprios defeitos e falhas e um processo de auto perdão.
Literalmente cada ato gera um processo.
Enquanto Lords of Shadow 1 é um processo de desconstrução do homem e suas crenças, e Mirror of Fate o questionamento sobre a liberdade de escolha dos caminhos que percorremos, Lords of Shadow 2 já segue justamente o processo oposto.
Enquanto Lords of Shadow 1 desconstrói, Lords of Shadow 2 é justamente a reconstrução! Onde pega o homem quebrado ao qual vai ser remontado passo a passo a partir do lugar mais fundo de seu coração!
Um processo em 3 partes ao qual desconstrói, caminha e reconstrói um homem perdido.