CRÍTICA | Jovens Titãs : O Contrato de Judas

0

Jovens Titãs : O Contrato de Judas é a mais nova animação da DC. Baseada no famoso arco de historias em quadrinhos criado por Marv Wolfman e George Perez, onde Terra trai a equipe para o Exterminador, a trama se passa após os eventos de Liga da Justiça vs Jovens Titãs.

Apesar de ter alterações drásticas em relação a historia orginal, a base de Contrato De Judas continua praticamente a mesma, a maior mudança na animação foi a formação da equipe que originalmente era composta por  Asa Noturna, Estelar, Mutano, Ravena, CiborgueMoça-Maravilha e Terra.

Para os que não estão familiarizados com a historia, o Contrato De Judas é um arco onde o Exterminador seduz Terra, uma garota de 15 anos a entrar na equipe como uma espiã, para assim, poder se vingar da equipe.

Isso realmente foi uma parte que o filme pegou,o Exterminador realmente faz um grande estrago na equipe, ainda que as motivações de Slade no filme não sejam próprias como no quadrinho, e sim um acordo entre o Irmão Sangue ,que acaba desempenhando um papel maior no filme.

Pontos negativos :

A origem da Estelar é contada de uma forma estranha e confusa e no fim acaba não tendo nenhuma conexão com a trama principal e isso acaba se tornando desnecessário no filme .

Terra nem ao menos tenta conseguir a confiança da equipe no filme , o que, na minha opinião, compromete um pouco a animação, já que na época do quadrinho nem mesmo os leitores sabiam que ela trairia a equipe.

Com boas cenas de luta, Jovens Titãs : O Contrato de Judas acaba sendo uma animação regular que carrega um nome de grande peso.

Abaixo, a primeira imagem do próximo filme animado da DC Comics, : Batman e Arlequina .

Leave A Reply

Your email address will not be published.

%d blogueiros gostam disto: