THE ROMANOFFS | Criador de Mad Men fala detalhes de sua nova série

0

Quando Mad Men acabou, o fato foi marcado como o fim de um dos maiores programas da televisão. Muitos imitadores surgiram, mas nenhum capaz de copiar a mágica que fez a série ser tão atraente, inspiradora e emocional. Obviamente, uma das primeiras perguntas que surgiram com a conclusão do programa foi se Weiner iria fazer outro show para a TV.

Alguns meses atrás, descobrimos que Weiner vendeu seu novo projeto para a Amazon; no que diz respeito a ir além disso, outros detalhes eram inexistentes. Mas agora que a sala dos roteiristas foi aberta, Weiner está pronto para revelar sobre o que sua nova série fala, sua estrutura única e conexões com Mad Men.

O programa se chama The Romanoffs, e é uma antologia de oito episódios, onde cada um deles conta uma nova história, com uma nova premissa e um novo elenco. Então, diferentemente de American Horror Story e American Crime Story, não é uma história que irá se destrinchar ao longo de uma temporada inteira. Na verdade, ela vai contar a vida de pessoas que acreditavam ser descendentes da infame família Romanov. Falando para a THR, Weiner explica:

“Nós vamos fazer uma antologia — e eu digo desta maneira porque a palavra foi usada de maneira diferente quando eu estava crescendo. Eles são contemporâneos, mas cada episódio — e serão oito — tem um novo elenco, uma nova história e uma localização diferente. A coisa que mantém todos juntos é que as narrativas envolvem pessoas que acreditam ser descendentes dos Romanov [a última dinastia imperial que governou a Rússia. Os mistérios dessa família vem desde de 1918, quando revolucionários brutalmente assassinaram o czar e muitos membros de sua família. Os restos de uma de suas filhas e seu único filho nunca foram encontrados, e com o passar dos anos, muitas pessoas ao redor do mundo diziam ser sobreviventes dos Romanov]. E esse é o título do programa. The Romanoffs.”

E enquanto o show é baseado na história, Weiner diz que o plano é abordar diversos problemas modernos sobre conectividade:

“A razão pela qual eu escolhi os Romanovs é que nós vivemos na era das mídias digitais e nossa conexão com as outras pessoas é muito teórica… parece que estamos nos separando cada vez mais. E eu amo a ideia de que esses personagens acreditem ser, verdade ou não, descendentes de uma família autocrata, que fez parte de uma das maiores histórias de crime de todos os tempos. E eu também amo ter a chance de falar sobre Inato x Adquirido, o que eles tem em comum e o que resta dessa grande herança”

Weiner diz que, no máximo, quatro das histórias serão nos U.S, enquanto as outras quatro devem acontecer fora do país, e o plano é gravá-las fora também. Weiner planeja dirigir um dos episódios.

“Nós ainda não temos roteiro, então não temos elenco. Mas claro que eu amaria trabalhar com as pessoas que trabalhei em Mad Men. E falando nisso, atrás das câmeras, meu parceiro de produção é Blake McCormick, que esteve em Mad Men, e na categoria dos roteiristas, Semi Chellas, Marie e Andre Jacquemetton estão de volta. Em termos de produção, eu vou tentar trazer todos os que estiverem disponíveis. Eles estão espalhados pelos ventos de seu merecido sucesso, mas eu vou basicamente tentar trazer todos que estavam envolvidos naquele programa. Como eu disse quando Mad Men acabou, eu quero trabalhar com aquelas pessoas pelo resto da minha vida. Mas nós também temos muita gente nova”

Em termos de elenco, Weiner diz que não é contra trazer de volta atores de Mad Men e que está aberto para trazer atores de “nome”, diferentemente de seguir com muitos desconhecidos — como fez com Mad Men. E ele também disse que futuras temporadas estão nos planos.

“Oh, eu faria mais dessas (temporadas). Estou esperando que as pessoas gostem, mas é certo que se eu gostar do resultado e a Amazon também, nós vamos continuar. E para mim, não tem razão para não fazer centenas dessas histórias, porque elas são muito diferentes e não existe nenhuma fórmula. Como vocês sabem, eu não sou um grande fã (de fórmulas), então vocês nunca saberão o que receber  — onde nós vamos essa semana e quem estará nela — mas para os fãs do nosso trabalho, vocês terão atrações mais explicitas (risos)”

Todas essas histórias serão contemporâneas, então vai ser interessante ver Weiner lidando exclusivamente com o mundo moderno. Esse não é seu primeiro passo, já que ele veio antes como roteirista de The Sopranos, antes de criar Mad Men, e durante o hiato das séries da AMC, ele escreveu e dirigiu a pouco vista comédia You Are Here, que teve uma recepção menos entusiasta da crítica.

Weiner também falou sobre a decisão de fechar com a Amazon, já que ele começou uma guerra de licitações com esse novo projeto. No fim, foi uma mistura de mais de $50 milhões com liberdade criativa.

“Honestamente, o orçamento foi decisivo e a liberdade criativa também… e eu tive ótimas conversas com o Roy [Price], que é muito inteligente e não tem medo de nada, narrativamente falando, o que é um pouco novo. Isso me lembra a AMC quando eu cheguei lá, tinha um pouco de ‘Bem, eu gostaria de assistir isso’ e quando o executivo não está produzindo para a audiência ou não faz a engenharia reversa a partir do que eles percebem ser uma audiência, então de repente você parece estar falando com alguém que pensa como um roteirista. Então, existiu uma questão de química, além de ele estar disponível para trabalhar nos oito episódios, e essa decisão mútua sobre quando seguiríamos em frente. E ele estava ansioso para trabalhar com algo novo.”

Weiner disse que o show não deve estrear antes de um ano, o que é frustante depois de tantos detalhes.

Fonte: Collider

 

Leave A Reply

Your email address will not be published.

%d blogueiros gostam disto: