10 curiosidades sobre os Lanternas Azuis!

Azul

  1. Ao reconhecerem o valor das emoções, os Guardiões Ganthet e Sayd foram banidos de Oa pelos outros e se mudaram para os jardins do planeta sagrado Odym. Lá, eles resolveram forjar uma bateria energizada pelo espectro emocional azul da esperança e decidiram criar uma tropa de homens guiados pela fé, a Tropa dos Lanternas Azuis.
  2. Diferente das outras tropas, os anéis azuis não saem pelo universo procurando recrutas. Na Tropa dos Lanternas Azuis, o mais novo Lanterna Azul deve escolher quem será o próximo recruta, guiado pela sua fé naquele ser. Isso faz com que o número de membros da Tropa seja pequeno, mas todos os que ali estão são dotados de extrema bondade e altruísmo.
  3. O anel da Tropa dos Lanternas Azuis é movido pela fé de seu usuário e funciona de maneira mais “pacífica” que os de outras Tropas. Assim como os outros anéis, o anel da Tropa Azul dá ao seu usuário a habilidade do voo, comunicação, campo de força entre outras coisas. Os construtos criados pelo anel azul são forjados com a finalidade de acalmar o seu alvo e também é capaz de gerenciar milagres, como já fez ao reacender estrelas.
  4. Natural do planeta Pacredo no setor espacial 1, o Santo Andarilho era um padre que dava esperanças ao seu povo em um planeta condenado pela morte de seu sol. Ele foi o primeiro Lanterna Azul a ser recrutado por Ganthet e Sayd e é considerado a personificação da bondade.
  5. Com o azul sendo o espectro emocional da esperança e o verde da força de vontade, os anéis das duas Tropas intensificam os poderes um do outro quando estão próximos. O anel azul intensifica a capacidade do anel verde em 210.5%, além de deixá-lo com bateria eterna (enquanto estiver por perto). E o anel verde permite ao azul funcionar de maneira “ofensiva”, já que de nada adianta esperança sem força de vontade para executá-la.
  6. O anel azul também é a única forma conhecida de tirar o anel vermelho de um Lanterna Vermelho sem que o mesmo morra, pois a energia azul da esperança purifica o anel vermelho e o destrói, livrando seu usuário da dependência.
  7. A primeira missão do Santo Andarilho veio logo com ninguém menos que o Lanterna Verde Hal Jordan. Santo Andarilho se convenceu que Hal era perfeito para ser o líder da Tropa dos Lanternas Azuis, mas Jordan desmereceu o espectro da esperança e disse que continuaria na Tropa dos Lanternas Verdes. Ao ser capturado no Planeta Ysmaut, um anel vermelho acaba possuindo Hal e ele se descontrola, até que o Santo Andarilho tira o próprio anel azul e o coloca em um dos dedos de Hal. A energia azul acaba purificando Hal e destruindo o anel vermelho, e assim Hal Jordan se torna o primeiro Lanterna híbrido verde/azul. Furioso pelo anel azul interferir no funcionamento de seu anel verde, Hal não aceita ser um Lanterna Azul mas não consegue remover o anel de seu dedo nem com a ajuda dos Guardiões. Ganthet revela que Jordan só seria capaz de remover o anel caso algo genuíno em que ele tivesse esperança se concretizasse. Em uma batalha contra Larfleeze, Jordan diz ter esperança que parem de perguntar sobre o que ele tem esperança depois da luta, e o anel acaba por se remover sozinho de seu dedo. Jordan então foi capaz de recarregar o anel de toda a Tropa de Lanternas Azuis com o seu anel verde.
  8. Durante a saga “A Noite Mais Densa”, o Flash foi selecionado para a Tropa dos Lanternas Azuis como alguém capaz de instigar esperança nos outros e lutou contra os Lanternas Negros.
  9. Existem duas traduções oficiais para o juramento dos Lanternas Azuis: “Com os corações cheios de força nossas almas se acendem quando tudo parecer perdido na guerra da luz olhe para as estrelas para o brilho da esperança que reluz.”

    Sendo que essa é mais próxima do original:

    “No dia de horror, na noite homicida, Com o coração aquecido minha alma Ilumina Quando a Guerra da Luz parecer perdida, A esperança brilha nas estrelas acima!”

  10. Nos Novos 52, toda a Tropa dos Lanternas Azuis foi exterminada por Relic, sobrando apenas o Santo Andarilho. O Santo ficou tão abalado com a dizimação de sua Tropa que perdeu as esperanças e foi abandonado pelo seu anel. Recentemente, o Santo Andarilho retomou a sua confiança e hoje é o único Lanterna Azul.

Caio Vinícius

Após a mordida de um gafanhoto radioativo, ganhou poderes sem igual. Com isso, jurou combater o crime com tamanha destreza !

%d blogueiros gostam disto: